Página Inicial > Clipping


Protetor solar ajuda no outono? Veja como proteger a pele do ressecamento na estação mais seca do ano

Ao R7, dermatologista explica o que fazer e o que não fazer para cuidar da derme

A estação do ano mudou e não é só o guarda-roupa que precisa se adaptar: o outono é caracterizado por uma baixa umidade do ar e pelo vento frio, apesar de as temperaturas serem amenas na maior parte do país. E quem sente a mudança primeiro é a nossa pele, que sofre com ressecamento, vermelhidão e rachaduras.

O rosto é a área que mais sofre. De acordo com a dermatologista Paula Chicralla, no frio, o cuidado com a pele precisa ser redobrado.

— É difícil, mas é preciso evitar o banho muito quente. O uso de hidratantes é indispensável. No mercado, há vários tipos e formatos. Mas antes é necessário ver qual é seu tipo de pele.

Após o banho, o ideal é enxugar o corpo levemente, sem esfregar a toalha, e começar o ritual de hidratação da pele.

Cuidados com o rosto

A limpeza da face deve ser feita apenas com produtos específicos para a região e para o tipo de pele de cada um. Mas, Paula alerta que, no frio, é preciso diminuir as esfoliações para não ressecar ainda mais a derme. 

— Esfoliar a pele pode causar irritação. Antes de realizar qualquer procedimento estético, principalmente no frio, é preciso consultar um dermatologista para que ele possa analisar o caso. 

 

Cuidados diários

Não são apenas os procedimentos estéticos que prejudicam a pele: até hábitos do dia a dia podem interferir na qualidade da derme. Por isso, Paula recomenda demaquilantes sem álcool para retirar a maquiagem, já que eles não agridem a pele sensibilizada por fatores externos. 

— Além de cuidar na hora de tirar a maquiagem, não dá para esquecer de usar protetor solar todos os dias — mesmo se não estiver sol. O filtro protege contra os danos causados pelo sol, como câncer de pele e o envelhecimento precoce — caracterizado por manchas e rugas.

Tratamentos estéticos

O frio é a época ideal para realizar procedimentos que exigem o mínimo de exposição ao sol e ao calor.

— Agora é a hora de fazer lasers [técnica sem cortes] e peelings [clareamento de manchas e estímulo de colágeno]. Nestes meses a recuperação é mais rápida do que no verão. 


Fonte - Clique aqui

Compartilhe: